Translate

terça-feira, 13 de março de 2012

Olhares



Ele me viu!

Com seus olhos de adaga

Rasgou o véu de mistério

Viu-me como nunca ninguém viu


Olhou-se por dentro

Sorriu-me um sorriso de caçador

Mostrei-me a ele

Cada parte de meu ser, ele viu


Éramos iguais

Nossa nudez era semelhante

E juntos éramos o mesmo organismo

Respirávamos juntos


Almas nuas e juntas

Seres de mesma espécie

Filhos da mesma pátria

Donos dos mesmos tesouros.


Todos os medos revelados

Sonhos, anseios, saudades

Tudo ele enxergou e não temeu

Sorriu e disse: Somos iguais.


by:Katrina De Salem

Nenhum comentário:

Postar um comentário